Portal do Governo | Agência de Notícias Acessibilidade A- A+  |    Alto Contraste
   
   
 
 
Sábado, 15 de dezembro de 2018.
Notícias
Atualizada em 06/12/2018
Proinveste: Ponte sobre o Rio Campos Novos em povoado de Porto da Folha está próxima de ser concluída
Fotos
Considerada pelos moradores da sede municipal e dos povoados circunvizinhos como uma das mais importantes obras já construídas pelo Governo Estadual, a ponte sobre o Rio Campos Novos, no Povoado Lagoa da Volta em Porto da Folha está na reta final da sua conclusão.

Com recursos provenientes do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste) no valor de R$ 3.985.630,30, a ponte localizada na Rodovia SE-200, entre o Povoado Lagoa da Volta e a sede do município de Porto da Folha está sendo construída pelo Governo de Sergipe por meio da parceria da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) com o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER), e, estando concluída, facilitará a vida dos moradores da sede, bem como dos povoados vizinhos.

O andamento da obra
De acordo com o Secretário Estadual da Infraestrutura, Valmor Barbosa, 36 profissionais dão celeridade aos serviços. “Concluímos toda a estrutura, aterramos as duas cabeceiras, estamos finalizando um guarda-corpo da passarela de pedestres e executamos metade de um dos guarda-rodas. Paralelamente estamos executando as formas laterais no lado oposto para implantar o outro guarda-rodas. Posteriormente será aplicado o cimento em todo o vão e por fim implantada a sinalização, sendo que nas próximas três ou quatro semanas ela ficará pronta”, explica.

Ele acrescenta que a ponte já se configura como uma das obras mais relevantes construídas pelo Governo do Estado no Alto Sertão Sergipano. “Edificada dentro do padrão de novas tecnologias nesse tipo de intervenção, ao contrário das demais construções similares, as juntas de dilatação da ponte construída em concreto armado foram aplicadas’ na cabeceira das vigas, o que garante mais segurança. Tendo 88,98 metros de extensão, 11 metros de largura e 6 de altura no ponto máximo do vão central, ela foi adequada à necessidade da região e possui um passeio com 1,5 metro de largura, o que garantirá a passagem não apenas de pedestres, mas principalmente de animais.

Fim dos problemas
Morador do Povoado Lagoa da Volta, José Evandro Santos de Silva diz que a ponte irá por fim a muitos problemas. “Mesmo sendo uma região com poucas chuvas, quando elas acontecem causam estrago por aqui. Durante a cheia que levou a ponte anterior, centenas de moradores foram prejudicados durante três semanas, inclusive uma gestante teve bebê às margens do rio porque não conseguiu atravessá-lo e ir até Porto da Folha. Já essa ponte é grandiosa, com uma estrutura boa e gigante, pronta para suportar qualquer enchente. Com certeza, desse tipo de problema a população ficou livre”, frisa o lavrador de 33 anos.

Residente na sede de Porto da Folha, o estudante Júnior Ricardo, 18 anos, endossa as palavras de José Evandro. “Ficou 100% melhor, é uma obra excelente, alta, mais ampla, transmite segurança e vai facilitar a vida de todo mundo que passa por essa estrada, sendo que a satisfação dos moradores é geral”, declara.

Também morador do Povoado Lagoa da Volta, Anteógenes Feitosa Dórea, 33 anos, afirma que a obra já mudou para melhor a vida da população. “Assim como centenas de pessoas, passo por aqui diariamente e toda vez que ocorre cheia no rio tudo se complica. Da ultima vez os prejuízos e inconvenientes foram diversos, já que perdíamos muito tempo, pois para ir até Porto da Folha tínhamos de fazer um percurso de quase 50 km por Monte Alegre e isso demandava uma despesa financeira bem maior por conta dos gastos com combustível. Agora é passado, são poucas as obras na região com essa estrutura, dá gosto ver, pois, com a ponte erguida as chances de uma rodovia asfaltada entre Monte Alegre e Lagoa da Volta e até mesmo Linda França, são muito maiores, sem contar na valorização que os imóveis terão. Não há um só morador da região que não esteja satisfeito e feliz com essa construção”, afirma o agricultor.

Segundo Valmor Barbosa, os benefícios da obra são inúmeros. “Com a construção dessa ponte, a história da economia de Porto da Folha será dividida entre o antes e depois dela. A cidade é abastecida por produtos oriundos dos povoados Ilha de São Pedro, Lagoa da Volta, Linda França, Mocambo, Niterói, Ranchinho e Umbuzeiro do Matuto, e, após a derrubada da antiga ponte pela cheia em janeiro de 2016, qualquer chuva mais intensa ocasionava diversos inconvenientes aos produtores, aos alunos que estudam na sede municipal e ainda prejuízos financeiros aos moradores de todos esses povoados. A edificação traz alento não apenas àqueles que se deslocam diariamente até o município, mas, sobretudo, às centenas de pessoas que trafegam com motocicletas, veículos e animais de montaria. A prova de que ela já trouxe melhorias é que, com as chuvas ocorridas no último fim de semana, a passagem improvisada em 2016 ficou interditada, porém, mesmo antes da sua conclusão em definitivo, a ponte foi liberada no seu vão central apenas para pedestres, minimizando assim os transtornos para quem vai ou volta de Porto da Folha”, ressalta.

Por: Alex Santiago
Fotos: Jorge Reis
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro 13 de Julho - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2018 Seinfra. Todos os direitos reservados.