Domingo, 30 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 13/03/2017
Governador inaugurou Escola Profissionalizante em Nossa Senhora das Dores
Fotos
Na manhã da ultima sexta-feira, 10, Sergipe recebeu mais uma escola profissionalizante, entregue pelo governador Jackson Barreto em Nossa Senhora das Dores. O Centro de Educação Berila Alves de Almeida recebeu investimento na ordem de R$ 12.400.000 e promoverá a profissionalização dos jovens, qualificando mão de obra em Sergipe e gerando melhores oportunidades de trabalho. A unidade de ensino terá formação no eixo de agroindústria com cursos técnicos de nível médio nas áreas de alimentos e bebidas, com capacidade para atender 500 alunos por turno.

Em seu discurso, o governador falou da importância da aplicação de recursos na educação para preparar as gerações futuras e destacou a grandiosidade da escola em Dores. "Essa obra foi feita para o povo de Dores. Hoje, quando cheguei aqui, as pessoas me diziam que isso não parecia uma escola, e sim uma universidade. Acho que o povo merece obras como essa. Posso dizer que não tem em Sergipe escola assim. Estou muito feliz e com o coração em festa por oferecer obra com essa estrutura e qualidade na educação, para que os jovens passem não só no vestibular, como tenham profissão para o futuro. Aproveito para homenagear aos estudantes de Glória, Feira Nova, Cumbe, Capela, Siriri e Dores que vieram hoje. Saibam da minha alegria, pois cada um de vocês vai ser testemunha da beleza da escola de Dores, que vai servir toda a região. Eu sonhava em ter estudado em uma escola como essa. Não sou governador, estou governador, e a escola pública me proporcionou a alegria de estar aqui olhando para todos e acompanhar o crescimento. Não esqueci meus caminhos de criação e é por isso que estamos aqui investindo nas futuras gerações. Fico feliz de ter tido oportunidade de fazer todas essas obras", declarou.

O prefeito do município, Thiago de Souza Santos, reconheceu o empenho do governo na destinação de recursos para Dores e pediu auxílio de Jackson para solucionar o problema do desemprego. "É com muito prazer que recebemos essa escola. Queria dizer, governador, que hoje o senhor pode ter certeza que essa é a maior obra do Estado em Dores. Nenhum governo como o do senhor já investiu tanto aqui. Jackson, o senhor já fez muito por Dores, e o município anseia pela instalação de indústria nessa cidade, para conseguir resolver problema de desemprego. Se o senhor tiver oportunidade de nos dar esse presente, seremos muito gratos", solicitou.

Para construção do Centro Profissionalizante, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) viabilizou parte da área utilizada como campo experimental para o Estado. Por conta dessa parceria, o governador fez agradecimento ao órgão. "Aproveito para agradecer a Embrapa e à Manoel pelo trabalho feito de liberação do terreno para construção da mais bela escola de Sergipe. A Embrapa aqui do nosso estado foi altamente solidária, assim como a Embrapa Nacional".

A construção da nova escola objetiva aumentar a oferta de vagas no ensino técnico de nível médio aos moradores do município e região, diminuindo o déficit educacional. É uma unidade com instalações modernas e seguras, contribuindo para melhor aproveitamento do aluno e oferecendo boas condições de trabalho ao professor. O Centro Profissionalizante segue um projeto padrão estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) e desenvolvido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O novo Centro de Educação Profissional tem um ginásio poliesportivo coberto com arquibancadas e dois vestiários. O espaço conta, ainda, com dois galpões para capacitação técnica dos alunos. A unidade ocupa área total de 20.000 m², sendo 5.600 m² de área construída. São dois pavimentos com 12 salas de aula, seis laboratórios de informática, línguas, física, química, biologia e matemática e dois laboratórios especiais. A unidade de ensino também é dotada de auditório, anfiteatro, biblioteca, salas de diretoria, secretaria, coordenação pedagógica e coordenação de estágio, de reprografia e de professores.

A escola foi dotada de acessibilidade em todos os ambientes, com rampa, elevador para pessoas com deficiência, piso tátil e sinalização. Foram construídos estacionamento interno, bicicletário e muro em concreto. A cobertura da unidade de ensino foi feita em estrutura metálica, com telhas em alumínio e forro de gesso. Houve a implantação de piso de alta resistência nas salas e áreas de circulação. Já as áreas externas da escola foram pavimentadas com piso em concreto intertravado. Outro detalhe foi a instalação de rede de combate a incêndio com hidrantes e sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) e de irrigação para as áreas gramadas.

O estudante do ensino médio, Yuri dos Santos Calvacante de 15 anos, prestigiou a solenidade de inauguração e manifestou o desejo de estudar na escola profissionalizante. “A escola é muito bonita e pretendo estudar aqui para ter um curso profissionalizante para trabalhar na área com qualificação. A escola tem tudo que a gente precisa, espero que continue desse jeito”, disse Yuri.

“É uma obra importante voltada para educação. Ter uma escola profissionalizante em um município é fundamental para o crescimento dos jovens e da cidade. Não é qualquer escola, é uma grande escola com todos os requisitos para oferecer formação profissional de ponta”, disse Valmor Barbosa, Secretário de Estado de Infraestrutura.

Educação profissional
Desde 2007, o Governo do Estado amplia a oferta da educação profissional. No momento, Sergipe possui 14 unidades de ensino nessa modalidade em funcionamento. A previsão é de que sejam 16 até 2018. Entre reformas e construção de centros estaduais de educação profissional, o investimento ultrapassa R$ 73 milhões em recursos estaduais dos programas Sergipe Cidades e Brasil Alfabetizado.

Em agosto do ano passado, o Governo de Sergipe inaugurou uma unidade escolar no conjunto Jardim, em Nossa Senhora do Socorro: a Escola Estadual Governador Seixas Dória. O investimento foi da ordem de R$ 8.449.412 e a escola oferece ensino profissionalizante na área da saúde.

Em Boquim, o Estado ofertou educação profissional no Colégio Cleonice Soares da Fonseca, que, além de ensino regular, passou a oferecer cursos técnicos em Administração e Manutenção e Suporte em Informática, e o Centro Estadual de Educação Profissional Maria Fontes de Faria (Dona Marieta), que oferece o Curso Técnico em Fruticultura. Em Carmópolis, o governo inaugurou o Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda Chagas, que oferece o curso técnico em Petróleo e Gás e Técnico em Segurança do Trabalho.

No município de Neópolis, o Centro Estadual de Educação Profissional Agonalto Pacheco da Silva oferece o curso técnico em Agroindústria e Técnico em Alimentos. Na capital sergipana, o Centro de Educação Profissional José Figueiredo Barreto contempla os eixos tecnológicos de Turismo, Hospitalidade e Lazer (Técnico em Serviços de Restaurante e Bar), Gestão e Negócios (Técnico em Serviços de Condomínios), Informação e Comunicação (Técnico em Redes de Computadores). O Conservatório de Música oferece o Curso Técnico em Canto e em Instrumento Musical. O instituto de Educação Rui Barbosa oferece curso de ensino profissional de técnico em Secretaria Escolar, já o Atheneu oferece formação em Informática articulado à Educação de Jovens e Adultos.

No Alto Sertão, em Poço Redondo, o governo construiu o Centro Estadual de Educação Profissional Dom José Brandão de Castro, com recursos do programa Sergipe Cidades, que oferece os cursos técnicos em Agropecuária e Agroindústria, na forma integrada, utilizando a pedagogia da alternância. No Baixo São Francisco, em Japoatã, a Escola Família Agrícola de Ladeirinhas atua no eixo Recursos Naturais com o curso técnico em Agropecuária.

Em Itabaiana, o Colégio Murilo Braga foi ampliado e passou a oferecer curso na área de design de móveis. Já em Propriá, a Escola Joana de Freitas foi ampliada e passou a oferecer curso na área de recursos pesqueiros.

Estão em construção centros no Marcos Freire (curso técnico em Automação Industrial), Indiaroba (recursos pesqueiros) e Umbaúba (Modelagem de Vestuário). Ainda será construído um centro em Simão Dias (técnico em Enfermagem).

Reformas
O Governo do Estado determinou, até o final de 2018, reformar todas as escolas da rede estadual, dotando-as de um padrão de qualidade, proporcionando melhoria ao processo de ensino e aprendizagem das escolas públicas estaduais, melhorando, assim, os índices educacionais sergipanos. Nos últimos anos, juntas, as reformas e ampliações das unidades da rede estadual somam R$ 240 milhões em investimentos.

O Governo de Sergipe também firmou ordens de serviço autorizando a realização de obras de reforma de pequena monta em escolas da Rede Pública de estadual de educação. O investimento total é de R$ 12.085.118,78 destinados a intervenções nas 356 escolas da Rede entre agosto de 2016 e o mesmo mês em 2017.
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.