Quinta-feira, 27 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 02/10/2015
Governo realiza obra de desmonte do Morro da Piçarreira
Fotos
Como parte do conjunto de obras do complexo do Aeroporto Santa Maria, o desmonte do morro da Piçarreira (conhecido como morro do avião) em Aracaju, está sendo executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, e tem como principal objetivo garantir a segurança no Aeroporto com a nova ampliação da pista de pouso e decolagem.

O desmonte do Morro da Piçarreira é executado com recursos do Proinveste no valor de R$ 24.965.122,62. “O desmonte do morro da Piçarreira é obra fundamental para ampliação da pista do aeroporto, pois é uma exigência de segurança da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), para que a margem de segurança da ampliação da pista esteja dentro dos padrões”, explicou Valmor Barbosa, Secretário de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano.

Foram cortados mais de um milhão e meio de metros cúbicos de material que foram usados em aterro no entorno do morro na obra do entorno do aeroporto, na obra de terraplenagem do Hospital do Câncer, já 100% concluída, bem como na obra de ampliação da pista de pouso e decolagens do aeroporto.

O secretário explicou também que não é apenas um serviço simples de corte do morro. “Além de todos os estudos desenvolvidos para o corte do morro e ampliação da pista, já está sendo executado também todo o serviço de engenharia que envolve drenagem pluvial, com a colocação de canaletas e a proteção vegetal que já pode ser vista, para que o material do aterro se mantenha, sem riscos de desabamentos”.

Complexo aeroportuário
As obras complexo aeroportuário é uma parceria do Governo do Estado com a Infraero e inclui a construção do novo Terminal de Passageiros, ampliação da Pista de Pouso e Decolagem, o desmonte do morro da Piçarreira e a primeira etapa do Sistema Viário do Entorno do Aeroporto.

Com orçamento de R$ 300 milhões, o novo Terminal passará a ter 36 mil m² e capacidade para atender 4,3 milhões de passageiros por ano, contra o 1,7 milhão atuais. O novo pátio de aeronaves terá oito posições para aeronaves do tipo Boeing-737 e quatro pontes de embarque.

Já a ampliação da pista de pouso e decolagem está orçada em R$ 70 milhões e tem previsão de conclusão para maio de 2016. A pista atual possui 2.200 m de comprimento e 45 m de largura.

Com o investimento, passará a ter 2.785 m de comprimento, além de duas Áreas de Segurança no Fim da Pista (RESAs) e uma pista de rolamento entre o pátio e a cabeceira 11 da Pista.

A nova configuração possibilitará ao Aeroporto receber uma maior variedade de tipos de aeronaves, sobretudo voos intercontinentais, incentivando assim o desenvolvimento econômico do estado.

“Esse conjunto de obras do sistema viário do aeroporto, do desmonte do morro da Piçarreira, da ampliação da pista do aeroporto é um avanço significativo para o tráfego da capital e para o turismo. São investimentos para a vida toda, para uma mudança de qualidade na mobilidade do cidadão tanto pedestre, como motorista, como para o desenvolvimento do turismo. São novas vias, novos caminhos interligando um ponto ao outro e desafogando o trânsito. São obras com planejamento, com muito trabalho, estudo e parcerias importantes, que visam mais qualidade de vida para os sergipanos”, concluiu Valmor Barbosa.

Por: Amanda Melo
Fotos: Jorge Reis
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.