Terça-feira, 23 de maio de 2017.
Notícias
Atualizada em 20/08/2015
Ponte entre Tobias Barreto e Itapicuru é liberada para passagem de pedestres
Fotos
A passagem para pedestres e ciclistas na ponte sobre o Rio Real, que separa o município sergipano de Tobias Barreto e a cidade baiana de Itapicuru foi liberada no último sábado, 15, e já é motivo de comemoração por parte dos moradores de ambas as cidades que trafegam por ela diariamente.

Orçados em R$ 644 mil reais, os serviços estão sendo executados unicamente pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) e o Departamento de Estradas e Rodagens (DER/SE) e serão concluídos nas próximas quatro semanas.

Situada na BR 349, precisamente na divisa entre os dois estados, a ponte tem 48 metros de extensão e nove metros de largura, foi construída há cinco décadas e nunca passou por nenhum tipo de reforma. Sua estrutura apresentava diversos buracos e rachaduras, o que colocava em risco a vida de centenas de pessoas que por ela transitam.

Nova estrutura
De acordo com o Secretário de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa, aos poucos o tráfego está voltando a sua normalidade. “Foram executados a substituição de toda a ferragem, recuperação das transversais dos vigamentos e reconstrução da laje, o que deu a ela uma nova estrutura. Construímos uma passarela a fim de que os pedestres e ciclistas já possam transitar, ficando o desvio construído nas imediações destinado apenas para o trafego de motocicletas e veículos de médio e grande porte”, explica.

Valmor Barbosa diz ainda que após a cura do concreto, serão executados os serviços finais. “Iniciaremos a construção das calçadas destinadas aos pedestres e ciclistas em ambos os lados, bem como a instalação do guarda-corpo pré moldado. Posteriormente será aplicado o contra piso, feito o acabamento da laje, para só então asfaltar e sinalizar”, detalha.

O secretário ressalta o compromisso do Governo de Sergipe em garantir a segurança da população. “O governador Jackson Barreto se mostrou sensível à necessidade dos moradores e ignorou o fato do Governo da Bahia se manter neutro durante as inúmeras tentativas de negociação para dividir os custos da intervenção, decidindo assumir sozinho a responsabilidade em executar a reforma, o que demonstra o compromisso em assegurar a mobilidade urbana na região”, frisa.

Bem melhor
Morador do Povoado Lagoa Redonda, Marcos Júnior Silva, 25 anos, elogia construção da passarela improvisada. “Facilitou muito a vida de quem passa por aqui diariamente. Foi uma atitude correta e essa passagem ficou bem melhor”, diz o lavrador.

Também residente no povoado baiano, Valdice dos Santos destaca que a liberação para os pedestres chegou em um bom momento. “Foi muito bom para quem passa por aqui a pé, principalmente com crianças, estamos satisfeitos com essa passagem. A situação da ponte estava muito feia, perigosa, agora estamos contando os dias para ela ser totalmente liberada”, conta a dona de casa de 38 anos.

Residente na cidade de Tobias Barreto, Jean Souza, afirma que a situação agora é outra. “Para mim que passo por aqui com freqüência ficou bem melhor, pois a volta pelo desvio era cansativa. Para todas as pessoas com quem converso as opiniões são de que essa passagem facilitou bastante e pelo que posso ver a ponte é outra”, frisa o estudante de 14 anos.

Moradora da cidade baiana de Rio Real, a comerciante Josefa Pereira Santos, 42 anos, fala que a construção da passarela foi um alívio. “Quando o rio estava com pouca água colocávamos a mercadoria na cabeça para poder atravessar, quando está com muita água, como é o dia de hoje, dávamos a volta pelo desvio, era uma situação péssima. Todo mundo fala que ficou melhor e eu assino embaixo”, ressalta.

Joselito Nunes, morador do povoado baiano Várzea dos potes se sente aliviado com a construção da passarela. “Passo por aqui de oito em oito dias e estava sendo ruim ir pelo desvio, agora é rápido como antes. Vejo que a ponte está muito diferente, gostei do governo de Sergipe ter lembrado de nós, enquanto o nosso esqueceu da gente”, enfatizou o lavrador aposentado de 65 anos.

Por: Alex Santiago
Fotos: Jorge Reis
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.