Domingo, 30 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 11/06/2015
Proinveste: Mais de R$ 63mi estão sendo investidos na construção da Rota do Agreste
Nova rodovia vai ligar os municípios de Itabaiana e Itaporanga, contribuindo para escoamento da produção agrícola da região
Fotos
Em uma região onde a comercialização de produtos agrícolas é a principal fonte de renda da maioria da população, uma nova rota de escoamento da produção vinha sendo almejada há muito tempo. É com essa perspectiva de desenvolvimento que moradores dos municípios de Itabaiana, Areia Branca, São Cristóvão e Itaporanga D’Ajuda e redondezas aguardam a concretização da rodovia SE-255, que está sendo implantada pelo Governo do Estado, no Agreste Sergipano.

Com 52 km de extensão a nova rodovia, interligará a BR-235, na altura do povoado Rio das Pedras, em Itabaiana, à BR-101, no povoado Aningas, em Itaporanga D’Ajuda, passando também pelos municípios de Areia Branca e São Cristóvão. Fruto de um investimento superior a R$ 63 milhões, sendo mais de R$ 58 milhões de recursos oriundos do Proinveste e aproximadamente R$ 5 milhões referentes às indenizações pagas pelo Estado pelas desapropriações, a obra além de valorizar a localidade e melhorar a condição de vida da população, é estratégica por encurtar a distância entre os municípios produtores sergipanos e o mercado consumidor baiano, para onde boa parte dos produtos produzidos na região são exportados.

Para o governador Jackson Barreto esta é uma das mais importantes obras do Proinveste. “Essa rodovia é uma verdadeira revolução, porque diminui distâncias e facilita a vida do produtor para que ele possa levar sua produção a outros mercados. Ela representa um avanço para a construção de um futuro melhor para o povo da região, principalmente os pequenos agricultores".

A comerciante e produtora Maria do Carmo de Jesus não vê a hora de a obra ser finalizada e enumera os benefícios trazidos pela nova estrada. “Vai melhorar a situação de todo mundo aqui. Hoje meu comércio e minha casa vivem na poeira, porque o tráfego de caçambas aqui é alto e fica tudo empoeirado. Com a pista vai melhorar 100%, com certeza, não vamos ter toda essa poeira e lama quando chove. Por aqui passam também muitos carros e motos, então toda essa gente vai ser beneficiada. Sem falar, que vai melhorar minhas vendas, o movimento vai ser maior, vai ser tudo de bom e ainda vai valorizar a minha casa”.

Para ela, cuja família vive também da renda que obtém com os produtos cultivados na sua propriedade, a nova rota de desenvolvimento que vem sendo construída pelo Governo do Estado vai ampliar as possibilidades de comercialização. “A gente planta coentro, alface, cebolinha e batata-doce e vendemos principalmente para municípios da Bahia. Agora vai ficar muito melhor para levarmos nossos produtos para esses locais, porque a distância vai ser menor e a estrada bem melhor”, disse a produtora que reside no Povoado Lagoa do Forno, em Itabaiana.

Andamento
Os serviços foram iniciados com a assinatura da ordem de serviço pelo governador Jackson Barreto, no dia 20 de junho de 2014. De acordo com o engenheiro do Departamento Estadual de Infraestrutura (DER/SE), ligado à Secretaria de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), Geraldino Costa, já foram realizados 12% do serviço total e concluídos 20% da terraplanagem, o que equivale a10 km desta etapa do serviço. Assim como, já foram lançados 6 km da camada de sub-base, uma das três bases que compõe o pavimento da estrada, e estão sendo executados serviços de drenagem na área, com implantação de bueiros celulares e tubulares.

No momento, cerca de 100 homens trabalham na obra. O engenheiro do DER informa que o serviço conta com uma frota de 40 caminhões-caçamba, seis motoniveladoras, quatro escavadeiras hidráulicas, duas retroescavadeiras, quatro rolos compactadores corrugados e três caminhões pipa.

Geraldino Costa explica ainda, que o ritmo da obra depende das condições do tempo. “A obra estava em ritmo normal há aproximadamente 15 dias, porém, por causa da pluviometria no local ter sido muito intensa foi necessário a diminuição do ritmo. Por causa dessas chuvas na região, foi necessário a redução do quadro, então, hoje, nos estamos fazendo serviços de drenagem e cercas. Todo serviço de terraplanagem foi paralisado, por não haver condições climáticas de execução do serviço. Para executar o serviço de terraplanagem a gente precisa de sol. Se colocarmos as máquinas e todo o efetivo para trabalhar com o tempo duvidoso, pode ser que aconteça de perdermos tudo o que foi feito, ou seja, um serviço que passamos três ou quatro dias para realizar, pode ser todo perdido em um dia de chuva”.

A estrada terá duas pontes, nos quilômetros 21 e 35. Segundo o secretário de Infraestrutura, Valmor Barbosa, a obra está prevista para ser entregue em 2016, pois houve a necessidade de abrir novos caminhos e realizar desapropriações de áreas. “É uma obra grande, até por conta da extensão que é 52 km, que facilitará o escoamento da produção agrícola regional e encurtará a distância entre os territórios Sul e Agreste Central Sergipano”.

No Assentamento 8 de Março, mais conhecido como Assentamento Iraque, em Itaporanga D’Ajuda, a moradora Maria Valdelice Góes, popularmente conhecida como Vadé, conta o quanto a rodovia vai melhorar a vida da comunidade local e trazer independência para os produtores. “Nós esperamos muito por essa estrada. Para comercializar nossos produtos vai facilitar muito. A gente vive do que planta, mandioca, laranja, coco e dos beijus, malcasados e saroios que vendemos nas feiras de Itaporanga e Aracaju. Mas hoje, como o acesso é ruim a gente vende para os atravessadores, dependemos deles, que é quem prospera enquanto a gente trabalha e ganha pouco. Com a estrada a gente mesmo vai poder ir até a cidade vender o que produzimos aqui”.

Tamires Silva Santos tem um pequeno comércio no Povoado Mata de Ipanema, também em Itaporanga, e vê na nova via não somente uma oportunidade de ampliar suas vendas como a esperança para a população local poder se deslocar em busca de trabalho na cidade. “Vai ajudar muito as pessoas daqui a chegarem à cidade, porque muita gente aqui não trabalha por causa da estrada, pois aqui não tem emprego por perto. Vai ser bom também por causa do comércio, porque aqui não tem praticamente nada, precisamos buscar na cidade. Aqui, trabalho com material de construção e alimentação animal e penso que minhas vendas vão crescer também. E vai diminuir a poeira, a lama. Aqui precisava muito dessa obra. A gente esperou por uma obra assim a vida inteira. Toda comunidade está com muita expectativa”.

Aos 28 anos, José Leandro dos Santos, vive no Povoado Aldeia, em São Cristóvão, desde que nasceu e vislumbra um futuro mais digno com a chegada da rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga D’Ajuda, passando também por sua comunidade. O agricultor que tira sua renda da venda de produtos hortifrutigranjeiros comemora o investimento do Estado na sua região.

“Vai ser muito bom, pois vai facilitar o acesso até a cidade, para gente que vive da agricultura foi um bom projeto. Hoje é complicado comercializar nossos produtos, por causa do transporte, a gente tem que se deslocar daqui até a BR para pegar um veículo e é complicado, porque a gente chega às 6h da manhã para pegar a condução só ao meio dia, porque os carros passam cheios e assim é difícil para gente. Acredito que passando essa BR no nosso povoado, vão colocar o veículo fazendo o transporte nesse trecho para facilitar a ida da gente até a cidade para vendermos nossas coisas nas feiras livres da região. Coco, banana, mamão, todo tipo de fruta e hortaliças a gente produz aqui ”, afirma José Leandro dos Santos.

Proinveste e rodovias
O Proinveste está construindo novas vias de desenvolvimento em Sergipe. Com recursos na ordem de R$ 447 milhões, o governo destinou mais de R$ 167 milhões para a construção de novas rodovias. Já foi concluída a rodovia do Arroz, ligando os povoados Santa Cruz a São Miguel, em Propriá. Assim como a Rota do Agreste (Itabaiana – Itaporanga), a rodovia Japoatã-Propriá e o entorno de Itabaianinha estão em andamento. Em maio deste ano, a gestão estadual iniciou as obras da rodovia Pirambu-Pacatuba, interligando, assim, todo o litoral sergipano.

Também está em andamento a revitalização do sistema viário do Centro Administrativo Governador Augusto Franco, no Bairro Capucho, em Aracaju. E já foi entregue a população pelo governador Jackson Barreto, a pavimentação do Acesso ao Povoado Calumbi, em Nossa Senhora do Socorro. Já a urbanização da Av. Euclides Figueiredo, também em Aracaju, encontrara-se na fase de projeto.
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.