Domingo, 30 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 09/07/2012
Duplicação do viaduto do Detran segue cronograma
Trabalham no local 119 pessoas entre engenheiros e ajudantes. Das 269 estacas metálicas previstas, 211 já foram escavadas
Fotos
Embora parte do público não perceba por se tratar de etapas que ficam em nível do solo, ou seja, por trás dos tapumes, a obra de duplicação do viaduto do Detran, na Avenida Tancredo Neves, segue em ritmo normal.

Atualmente, trabalham no local 119 pessoas entre engenheiros e ajudantes. O avanço dos trabalhos é constatado pelos números que são apresentados semanalmente pela construtora à Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra).

Das 269 estacas metálicas previstas, 211 já foram cravadas, o que viabilizou a concretagem de quatro blocos de coroamento de um total de nove. Esses blocos são as bases para o levantamento dos 28 pilares que darão sustentação a base do viaduto. Todas as peças de concreto pré-moldados como vigas, travessas e lajes, estão sendo confeccionadas no próprio canteiro da obra.

De acordo com o secretário da Infraestrutura, Valmor Barbosa, quem passa por cima do viaduto velho e olha para baixo observa que os pilares já estão sendo erguidos. Sobre os comentários da paralisação da construção, ele atribuiu à expectativa que a obra está gerando.

“Nós entendemos a ansiedade da população por conta dos transtornos naquela região que resulta no tráfego. Quem se desloca do Leste ao Oeste e de Norte a Sul, precisa passar pela Avenida Tancredo Neves, uma das mais importantes e movimentadas da cidade”, afirmou.

Passarela

Além da duplicação e recuperação do atual viaduto, também será construída uma passarela para a travessia de pedestres em frente ao Detran, onde a base já foi concretada. Sobre a parte da estrutura do outro lado da Avenida Tancredo Neves, em frente às emplacadoras, o secretário Valmor Barbosa, informou que foi recebido em audiência pela juíza da 18ª Vara Cível para acompanhar o andamento do processo de retirada dos ocupantes da área.

“Aqueles prédios foram erguidos em uma faixa de domínio do Governo do Estado e nós vamos precisar para fazer a obra. Também estamos em litígio com a empresa Nacional Gás que inicialmente aceitou o valor da indenização e depois desistiu. Recorremos à Justiça porque naquele terreno será uma das alças do viaduto”, esclareceu Valmor.

Fotos: Mario Sousa/Seinfra
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.