Terça-feira, 25 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 09/04/2014
Jackson assina ordem de serviço para construção do Centro Especializado em Reabilitação para Deficientes
Essa era uma obra dos sonhos do ex-governador Marcelo Déda e Eliane Aquino e que o governador Jackson Barreto deu continuidade
Fotos
O governador Jackson Barreto protagonizou mais um ato de importância histórica para a administração estadual e, sobretudo, para ampliação dos serviços de saúde direcionados aos portadores de deficiência física, visual, auditiva e intelectual: foi assinada a ordem de serviço do Centro Especializado em Reabilitação tipo IV. A partir desta autorização, inicia-se o processo que oferecerá este novo modelo de unidade de saúde, orçado R$ 18 milhões, dos quais cerca de R$ 14 milhões para a construção da estrutura física, e R$ 4 milhões para aquisição de equipamentos. O ato ocorreu na tarde desta quarta-feira, 9, no Palácio dos Despachos.

O Centro Especializado em Reabilitação IV (CER IV) é um equipamento necessário para a implantação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, ampliando e qualificando o atendimento à pessoa com deficiência física, visual, auditiva e intelectual. O modelo do CER IV a ser implantado em Sergipe servirá de referência ao Governo Federal, pois contempla equipe técnica e equipamentos de forma ampliada em relação ao projeto original do Ministério da Saúde, além de atender a todas as faixas etárias.
Emoção e Engajamento

“Mais uma vez Sergipe sai na frente e agradeço a Deus por ter tocado meu coração, através de Eliane Aquino, para que eu me engajasse nesse objetivo, ficando encantado com o sentido dessa obra, e destinando uma emenda de bancada, ainda quando deputado federal. Estou em paz com a minha consciência de cristão, já que nada conforta mais o coração, a consciência e o sentido do dever cumprido do que uma obra como essa”, declarou o governador, emocionado, após apor sua assinatura na ordem de serviço.

Jackson Barreto também fez questão de mencionar e agradecer a quem ele definiu como “um padrinho de peso” para a liberação desses recursos, que foi o ex-governador Marcelo Déda. “Graças ao prestígio de Déda junto ao Governo Federal, os recursos oriundos desta emenda foram liberados. Liberar recursos de emendas com valores mais substanciais é extremamente difícil, já que estes são os primeiros a entrar em contingenciamento. Mas, graças a Deus, tudo se encaminhou e agora estamos aqui assinando a autorização para esta obra”, relatou o governador.

Sentimento Maternal
Já a ex-primeira dama e secretária de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, Eliane Aquino, fez questão de esclarecer que este foi um projeto idealizado anos antes do nascimento do seu filho Matheus, que é portador de Síndrome de Down.

“Este foi um projeto que nos foi apresentado há cerca de cinco anos pelo médico Byron Ramos e pelo arquiteto Daniel Sales. Pela importância que representava, eu e Marcelo Déda buscamos logo tentar contar como apoio dos nossos deputados federais. O primeiro para quem liguei foi Jackson Barreto e ele não titubeou em destinar uma emenda para este centro. Tenho certeza de que ele tinha outras prioridades, mas ele nem pensou duas vezes”, reconheceu Eliane.

A secretária também agradeceu, como mãe, pela conquista que representará o novo centro. “Eu, como várias mães, sei como é difícil ter um filho com diagnóstico de deficiência e não saber para onde levá-lo. Eu passei por isso. E essa experiência só reforçou o ímpeto de buscar trazer para Sergipe um centro que oferecesse os mesmo serviços do Sara Kubitschek, onde os pacientes são atendidos de forma simultânea por diversos profissionais”, mencionou Eliane Aquino, referindo-se a um dos mais avançados centros de tratamento do país, com sede em Brasília (DF) e filial em Salvador (BA). “Graças a Deus, tudo deu certo, pois tenho certeza que lá no céu tem uma estrela olhando por nós”, concluiu Eliane Aquino.

Ação Sincronizada
Já o secretário da Infraestrutura, Valmor Barbosa, destacou o fato de que o novo centro integrará as iniciativas que vão modernizar e redefinir o centro administrativo Governador Augusto Franco, já que essas novas instalações ficaram anexas ao Hospital do Câncer. “Essa era uma obra dos sonhos do ex-governador Marcelo Déda e que o governador Jackson Barreto deu continuidade. Este novo centro integrará todo o processo de reorganização pretendida para o centro administrativo, dialogando com o Hospital do Câncer e oferecendo o que há de mais moderno no país”, disse o secretário, ao explicar, através de slides, todos os segmentos da obra.

As explicações técnicas fora complementadas pela secretária de Estado da Saúde, Joélia Silva que, também através de slides, ilustrou a modernidade das instalações e a interação que se buscará realizar através de um atendimento multidisciplinar, assegurando um atendimento eficaz às pessoas com deficiência. “Hoje é um dia de extrema felicidade. Eu reputo como dois os momentos marcantes desse governo nas conquistas da saúde: o primeiro foi o início da construção do Hospital do Câncer, e o segundo é agora, com o lançamento da obra deste Centro de Reabilitação que redefinirá o padrão de atendimento que oferecemos, tornando-o comparável a o que há de melhor no Brasil”, registrou a secretária.

A presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Sergipe (Apada), Lígia Maynard, que falou em nome dos representantes das diversas instituições presentes, destacou o benefício que será proporcionado aos portadores de deficiências e a seus familiares. “Como lembrou muito bem Eliane Aquino, muitas sabem o que é o desespero de uma mãe quando se depara com um filho deficiente e não sabe para onde levá-lo. Eu passei por isso quando trouxe a minha filha de São Paulo com um diagnóstico de surdez e, em Sergipe, só havia uma fonoaudióloga. Por isso, esse centro representa uma revolução sem precedentes e o compromisso do Governo do Estado com a prestação desse serviço, que também deve ser cobrado do governo municipal e do governo federal”, avaliou a presidente que, juntamente com Eliane Aquino, foi homenageada pelo governador com um buquê de rosas em homenagem ao seu empenho e dedicação de 32 anos pelos deficientes em Sergipe.

Estrutura Física
O CER IV ficará localizado no Centro Administrativo, próximo ao Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas e será construído, em um terreno de 22 mil m² e terá uma área construída de 7 mil m².

O espaço físico contará com auditório, anfiteatro, parque infantil, brinquedoteca, biblioteca adaptada, sala de vídeo, refeitório, praça de alimentação, área para exposição e eventos, pátio coberto, sala de acolhimento familiar, consultórios médicos, consultórios para atendimento com psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, enfermeiro, pedagogo e psicopedagogo. Sala multidisciplinar, para avaliação conjunta do paciente por profissionais de várias especialidades, sala para avaliação auditiva com cabine para audiometria e sala de reabilitação virtual e sal multiuso para orientação e mobilidade do deficiente visual.

Terá, também, sala para reabilitação e adaptação nas três deficiências (física, visual e auditiva) e para realização de atividades em grupo. Será construído, também, ginásio de fisioterapia ortopédica e piscina coberta e aquecida com rampas para pacientes em tratamento de hidroterapia.

Outra inovação é que na mesma área também será construída uma oficina ortopédica para produzir e fornecer órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, atendendo a pacientes oriundos do SUS no CER e de todo o estado.

Equipe Profissional
O CER IV contará com neuropediatra, neurologista, oftalmologista, ortopedista e traumatologista, otorrino, pediatra, psiquiatra, psicólogo, psicopedagogo, pedagogo, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, enfermeiro, músico-terapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, técnico em enfermagem, além de pessoal administrativo e de apoio.

Presenças
O ato de lançamento contou com a presença de representantes das entidades ligadas aos direitos do deficientes, de Andreza Santos, representando a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República; do recém-nomeado secretário de Estado dos Direitos Humanos, Antônio Bittencourt; da presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Jane Rocha, que entregou ao governador um ofício criando uma secretaria de Estado com essa finalidade, e ainda do servidor estadual Antônio Luiz, também militante pela causa dos deficientes, além do representante da Construtora Celi, que será a responsável pela obra, Luciano Franco Neto, do vereador da capital, Lucas Aribé, que é deficiente visual, representando a Câmara de Vereadores, dentre outros parlamentares, secretários de Estado, prefeitos, profissionais de saúde e autoridades.
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.