Sábado, 29 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 18/03/2014
Jackson prestigia Concerto e autoriza recuperação das pontes sobre o Rio Poxim
A intervenção de recuperação compreende a recuperação dos pilares e vigas de sustentação, um investimento do Governo do Estado na ordem de R$ 2.066.940,45
Fotos
Dando continuidade às comemorações dos 159 anos de Aracaju, o governador Jackson Barreto presenteou a capital sergipana com a apresentação do 'Concerto da Cidade', um espetáculo da Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse), realizada no Parque Governador Antônio Carlos Valadares, conhecido como Parque dos Cajueiros, no final da tarde desta segunda-feira, 17. Na ocasião, o governador também autorizou os serviços para recuperação das pontes e da passarela para pedestres sobre o Rio Poxim.

Com a ordem de serviço assinada, serão recuperadas as pontes sobre o Rio Poxim, que já possuem um longo tempo de uso. A ponte Presidente Juscelino Kubitschek, no sentido Atalaia - Centro da Cidade, foi construída no Governo Leandro Maciel, ainda na década de 1950. Já a Ponte Paulo Barreto de Menezes, sentido Centro da Cidade – Atalaia foi construída em meados dos anos 1970.

Como as pontes passaram a apresentar sinais de desgaste em sua estrutura, o Governo do Estado decidiu recuperá-las. A intervenção de recuperação compreende a recuperação dos pilares e vigas de sustentação, com a realização de serviços abaixo da linha d’água, o tempo de exposição é de 180 dias.

Também passará por recuperação a passarela em estrutura metálica sobre o Rio Poxim, um investimento: R$ 358.767,30. A intervenção compreende a pintura e recuperação de toda a estrutura metálica da passarela, com a substituição dos pontos onde houver oxidação. O investimento total das duas pontes sobre o Rio Poxim e passarela serão na ordem de R$ 2.066.940,45.

Concerto da Cidade
De acordo com Jackson Barreto, o espetáculo clássico foi escolhido para homenagear os 159 anos de aniversário de Aracaju. “Para todos nós é um privilégio morar em Aracaju. Essa cidade tem o dom da hospitalidade, da beleza, do acolhimento, da modernidade, é uma cidade que todos nós amamos muito. A melhor forma de homenagear é com esse concerto clássico”.

O concerto comemorativo foi o primeiro da Orsse em 2014, antecedendo a abertura da temporada oficial de apresentações.

Sobre as pontes e a passarela ele disse que é dever o Estado cuidar. “Essas pontes fazem a ligação de Aracaju com toda sua Zona Sul, principalmente com a área de expansão da cidade. Esse também é mais um presente para a nossa capital no seu aniversário”, destacou o governador.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa lembrou que o Governo do Estado trabalha em diversas frentes. “Construímos pontes, estradas, escolas, hospitais e também oferecemos manutenção. Por isso, existe a necessidade de recuperar as pontes, pois são obras com mais de 30 anos, há ferragens expostas, pilares, blocos precisando de restauração”, contou. Ele adiantou que toda a recuperação estrutural, que será executada pela Seinfra, será realizada em baixo da ponte, o que não prejudicará o trânsito local.

O comerciante Laerte de Oliveira Santos, que possui um quiosque no parque dos Cajueiros desde a sua inauguração, ficou satisfeito com a notícia da recuperação. “Esse investimento do Governo do Estado é bom para os comerciantes locais e um presente para o povo aracajuano, pois tudo que se faz em benefício da população é válido”.

Presenças
Prestigiaram a solenidade os secretários de Estado da Comunicação, Carlos Cauê; e do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Saumínio Nascimento; da Cultura, Eloisa Galdino Sales; Especial de Políticas para as Mulheres, Maria Teles; o secretário-adjunto da Comunicação, Sales Neto; o diretor-presidente da Fundação Aperipê, Luciano Correia e o diretor-presidente do DER, Antônio Vasconcelos (DER).
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.