Quarta-feira, 26 de abril de 2017.
Notícias
Atualizada em 06/09/2013
Jackson assina ordem de serviço para pavimentação de rodovia em Propriá
Serviço na rodovia SE-427 será executado com recursos do Proinveste e totaliza um investimento de R$ 2.237.656, em 5 quilômetros de pista
Fotos
Os produtores de arroz de Propriá trafegarão com mais segurança e comodidade pela rodovia SE-427, no povoado São Miguel, após o serviço de pavimentação asfáltica da via. A ordem de serviço foi assinada na tarde desta sexta-feira, 6, pelo governador em exercício, Jackson Barreto. O ato encerrou o dia de atividades da comitiva do Governo no interior de Sergipe. Pela manhã, Jackson entregou a 3ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar, em Carmópolis, e lançou o Projeto Dom Távora em Neópolis, cuja execução beneficiará 40 mil pessoas no meio rural, ao criar condições para que os pequenos produtores desenvolvam seus próprios negócios.

O serviço na rodovia SE-427 será executado com recursos do Proinveste e totaliza um investimento de R$ 2.237.656, em 5 quilômetros de pista. A rodovia favorece a economia da região do Baixo São Francisco, já que facilita o escoamento da produção de arroz dos municípios, o tráfego de mercadorias e a circulação de veículos.

Em seu discurso, Jackson Barreto relembrou que foi o governador Marcelo Déda, em 2008, quem construiu e inaugurou a rodovia SE-200, denominada Valdir de Freitas Dantas, que une os municípios de Propriá e Neópolis.

“Quem passa pela rodovia que liga Propriá à Neópolis, construída por Marcelo Déda, fica impressionado com o descuido com a rodovia que cruza os povoados São Miguel, Santa Cruz e Boa Esperança. Vamos transformar essa realidade. Serão 5 quilômetros de asfalto de qualidade. Hoje, viemos aqui para cumprir a palavra que demos ao povo de São Miguel. A marca de nossa gestão está presente em Propriá. Além da distribuição de sementes de arroz para os parceleiros, trouxemos a base do Samu, máquinas para a manutenção de estradas, a reforma do hospital São Vicente de Paulo, ambulâncias, implantação de cursos profissionalizantes, implantação do sistema de abastecimento de água dos povoados Santa Cruz, Alemanha, Boa Esperança, Pau das Marrecas, São Miguel e Coité, um investimento de mais de R$1, 8 milhão. Tudo isso é fruto de nosso trabalho, do nosso compromisso com o povo sergipano”, afirmou Jackson.

Para o presidente da associação de moradores do povoado São Miguel, Givaldo dos Santos, a pavimentação irá favorecer a economia local. “Asfaltar a rodovia que liga nosso povoado à rodovia SE-200 é de grande importância porque vai gerar renda e emprego, já que vamos melhorar o transporte de nossa produção de arroz. A condição da estrada dificulta a locomoção dos produtores e dos empresários interessados em comprar a mercadoria. Essa obra é um sonho que está se realizando, uma cobrança antiga dos moradores”.

A ordem de serviço para implantação de asfalto em São Miguel alterará positivamente a rotina de mais de cinco mil famílias que vivem na localidade. Moradores como a comerciante Maria José de Assis, que concilia a administração de uma lanchonete com a direção da Associação de Bordadeiras do Povoado. Para ela, a pavimentação reduzirá gastos com transporte.

“É horrível conviver com a estrada de terra e cheia de buracos. Quando faço pedidos para minha lanchonete, as distribuidoras cobram um valor a mais na entrega por causa da estrada ruim. Tem motoristas que se negam a vir até aqui porque a passagem é ruim. Estou feliz porque Jackson Barreto veio trazer melhorias para nossa gente. Somos mais de cinco mil famílias e merecemos essa obra”, declara.

Investimentos em infraestrutura

A pavimentação asfáltica da rodovia que liga os povoados de São Miguel e de Santa Cruz comprova o empenho do Governo do Estado na interiorização do desenvolvimento de Sergipe. Obras de infraestrutura, como rodovias, favorecem o incremento do comércio local, atrai investimentos e o crescimento econômico e social da região.

Entre 2007 e 2013, já foram investidos cerca de R$ 700 milhões na manutenção, reforma e implantação de mais de 1400 km de estradas no estado. O investimento já pode ser considerado, proporcionalmente, um dos maiores realizados em infraestrutura rodoviária do País e é o maior já visto na história de Sergipe, como informou o secretário de Estado de Infraestrutura, Valmor Barbosa.

“Marcelo Déda e Jackson Barreto desenvolveram um planejamento estratégico, no qual as rodovias mais importantes foram implantadas: as que cortam o Sertão, a que liga a BR-101 à Simão Dias e a rota da Integração, que passa por Propriá, Cedro, Amparo, Canhoba, Aparecida e Gararu. Sergipe está inserido entre os melhores estados em relação à recuperação e planejamento de sua malha viária. Quando chegamos, em 2007, tínhamos 62% da malha em estado precário, 29% em situação regular e apenas 9% em boas condições. Hoje, conseguimos modificar esse quadro e temos 56% de malha recuperada, 32% regular e 12% ruim. São mais de 476 quilômetros de estradas. Estamos chegando nas divisas com Bahia e Alagoas com rodovias implantadas e recuperadas. É uma honra realizar esse trabalho. Estamos mostrando o compromisso desse Governo com a qualidade de vida do sergipano”, disse.

A recuperação da Rota do Sertão, com 216 km e da Rota da Integração, com 111 km, por exemplo, beneficiam 20 municípios. Outras rodovias que merecem destaque são a Vaca Serrada - Niterói, em Porto da Folha; a Rodovia Sítios Novos – Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo; a rodovia Carira – Nossa Senhora da Glória, via estratégica para o desenvolvimento do Sertão Sergipano. As intervenções também maximizam o potencial turístico do Estado, como no caso da rodovia Pontal/Convento, no município de Indiaroba, e a interligação do litoral Sul sergipano, concluída com as pontes Joel Silveira, inaugurada em 2010, e a Ponte Gilberto Amado, inaugurada em janeiro de 2013.
 
 
Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano - Seinfra
Rua Vila Cristina, 1051 - Bairro São José - Aracaju/SE - CEP: 49020-150
PABX: (79) 3198-5300 / Email: gabinete@seinfra.se.gov.br
© 2016 Seinfra. Todos os direitos reservados.